30.12.09

Até 2010!

Of 2009..............
Por mais que me tente afastar da loucura que é sempre a época natalícia, não consigo. Como não vivo numa ilha deserta e o meu nínel de individualismo ainda não atingiu o extremo, acabo por me deixar levar de uma forma ou de outra, na maré de excitação inexplicável que as pessoas sentem nesta altura, na correria para comprar presentes, nos ataques de nervos quando se deixa coisas para a última hora... há muitas alturas em que até gostava de estar numa ilha deserta, e o Natal é uma delas!
Felizmente já passou. Agora o mundo já se esqueceu do Natal (desde o momento em que os presentes foram todos desembrulhados!) e prepara-se para a próxima loucura, festejo, escape, chamem lá o que quiserem que é a passagem-de-ano. A passagem de um dia para outro, como se todos os dias do ano não passássemos por isso!? Tem que se comprar mais - álcool, serpentinas, cornetas, fogo de artifício, álcool, álcool, álcool..... que horror! Onde é que está a minha ilha deserta?
Podia ter usado tudo o que sinto em relação a esta altura do ano para me entregar a alguma inspiração que me ajudasse a refugiar aqui no meu blog, mas até essa sumiu com o meu espírito natalício, este ano. Há dias estava a olhar para a minha árvore de Natal e a pensar "What the Fuck was I thinking?", e só me apeteceu atirar com a árvore porta fora. Mas como não vivo sózinha e há quem adore estas maravilhas que são árvores com luzinhas e bolas penduradas, lá a deixei ficar... Mas não gosto dela, anda a incomodar-me, a Sammy tem medo dela, o Jules acha-a "gezellig" (uma palavra que os holandeses dizem sempre cantando e que significa aconchegante) e o Einstein já tentou por duas ou três vezes dar-lhe uma mija em cima... espero que dê! Ahahahah!
Sempre gostei desse aspecto do Natal - a árvore e as luzinhas, o aconchego, o descanso e tranquilidade, a união com as pessoas que importam... mas este ano não... onde estará aquela ilha? ;)

A verdade é que ando com um humor horrível, e até sei porquê! Tenho a viagem para Lisboa planeada para sábado, dia 2 de Janeiro. E de todas as vezes que vou a Portugal, a Lisboa, visitar a minha família e amigos, a minha ansiedade torna-se tão insuportável que me impede de curtir seja o que fôr!... Deve ser um medinho inconsciente de que algo dê errado e me impeça de ír...

Mas como apesar de tudo isto, gosto dos meus seguidores, não queria deixar de passar por aqui e desejar a todos um óptimo começo de 2010 e espero sinceramente que o meu humor e "entusiasmo" não vos estrague a noite! ahahah ;)
Beijinhos e até para o ano!

5 comentários:

  1. Votos de um feliz 2010 por esses lados :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Mas que entusiasmo furado é esse? O que vale é que li o texto após passagem de ano, senão...
    "O natal dantes é que era" é o que ouço mais frequentemente ano após ano. Somos deixados levar pelo marketing agressivo que ve vive nesta quadra onde o mais importante é comprar e menos o dar! Em minha casa já não se dão presentes a adultos. Só à pequenada e mesmo assim já sugeri que deveria ser repensado, pois o entusiasmo apenas existe até rasgarem até à segunda prenda. Depois é apenas mais uma prenda para o monte, independentemente o valor dela.
    A passagem de ano penso nela como uma noite especial, pois para mim, é uma noite onde se analisa o ano que termina e apontam-se metas para o ano que começa. E isso merece ser festejado numa intensidade diferente mas não necessariamente nas caraíbas e embebedar-nos de margaritas. Em casa à lareira a beber um belo porto também serve. E bem!
    E se nao foi este ano, treina o Einstein para abençoar a árvore em 2011
    Bom começo de década!

    ResponderEliminar
  3. Alice & Violante têm o prazer de convidar V. Excelência para uma pausa mental.

    Cordiais cumprimentos,
    Alice & Violante

    P.S.: Vortamo Raqueu!

    ResponderEliminar
  4. O Encoberto15.2.10

    Raquelita, nunca mais escreveste nada! E eu que gosto tanto de te ler...

    ResponderEliminar